Alimentação

Temperos Saudáveis

Quando casei (e passei a me aventurar ainda mais na cozinha), minha despensa conheceu alguns temperos industrializados, como cubos de caldo de carne e aquele sal temperado de potinho. Mas logo depois descobri como estes temperos podem ser prejudiciais à nossa saúde, principalmente pelo glutamato monossódico (um realçador de sabor que pode causar intoxicação, aumento o apetite, aumento nos riscos de sobrepeso, pressão arterial e diabetes tipo II).

Então estes temperos foram eliminados da minha cozinha. Infelizmente não posso dizer que foram eliminados da minha vida, porque não sei como é preparada a comida de restaurantes, e às vezes até em casas de amigos e familiares.

Mas por que estou falando isso? Porque você também deveria pensar seriamente em eliminá-los da sua cozinha. E isso inclui Sazon, caldo Knnor, sal temperado e aqueles sachês de “meu arroz”, “meu assado”. Leia SEMPRE o rótulo, se tiver glutamato monossódico na lista de ingredientes ou excesso de sódio na tabela nutricional, não compre.

Então para ajudar nesta mudança, listei os temperos naturais que são meus queridinhos. Mas o principal é usar sua criatividade (e seu paladar) para ver o que se encaixa melhor na sua cozinha e pesquisar sobre seus benefícios (vamos falar sobre isso em posts futuros).

Primeiro devemos investir nos temperos frescos, como cebola, alho, pimentão, tomate, salsa, cebolinha, limão, etc. Se forem orgânicos, melhor. Mas os produtos orgânicos ainda têm um preço muito elevado, e muitas vezes nem temos a garantia de que são realmente orgânicos, então use o que estiver ao seu alcance, higienizando da forma correta.

No caso do pimentão, prefira o vermelho ou amarelo, pois o verde pode ser indigesto, já que ainda não amadureceu. Como o pimentão estraga muito rápido, se sobrar algum que não foi utilizado em alguma preparação, pode picar e congelar para usar outro dia (exceto para comer cru como salada). Já o tomate, para não ter que ficar picando cada vez que for cozinhar, gosto de fazer meu próprio molho caseiro e congelar em forminhas de gelo (isso também será assunto em outro post), mas sempre tenho um molho industrializado na despensa para casos de emergência (principalmente quando o preço do tomate dispara).

Complementando o tempero, uso aquelas ervas secas quem vêm em pacotinho. Depois de abertos, coloco em vidros de geleia adaptados como porta-temperos.

20160407_165924

Meus preferidos são:

  • Louro: uso no feijão;
  • Manjericão: uso principalmente em carne de gado e no feijão;
  • Orégano: ideal para finalizar pizza, incluir no recheio de pastéis, etc;
  • Chimichurri: gosto de usar em frango, gado e até no feijão;
  • Curry: uso no frango, mas sem exagerar, pois tem um gosto bem marcante;
  • Colorau: uso principalmente no frango para dar cor;
  • Cominho: uso em quase tudo;

Outra opção é você cultivar sua própria horta de ervas aromáticas, assim sempre terá tempero fresco. Eu tenho este sonho, mas para concretizar exige um pouco de dedicação (além da cooperação das minhas cachorras).

Além disso, uso sal refinado (sempre com moderação), pimenta do reino moída na hora e molho de pimenta (principalmente para temperar carne de porco).

E você, quais seus temperos preferidos?

.

Por Aline

Fonte: http://www.fechandoziper.com/blog/aji-no-moto-realca-o-sabor-dos-alimentos-e-o-pneuzinho-na-sua-cintura/

Anúncios

4 comentários em “Temperos Saudáveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s