De mala e cuia

Viagem para o Uruguai – parte 1: dicas importantes

Olá! Hoje vou dar início a uma série de posts sobre minha viagem para o Uruguai em dezembro de 2014. Sei que já se passaram quase 2 anos, algumas coisas podem ter mudado (como o dólar que disparou 😦 ), mas tem coisas que nunca mudam, por isso resolvi contar como foi.

Não existe nada pior do que viajar sem um planejamento, pois você chega a um lugar totalmente novo, onde muitas vezes não entende muito bem o idioma, então é bom estar bem preparado. Por isso pode ser muito útil você dar uma lida no post que fizemos há algum tempo atrás sobre 5 itens essenciais para uma viagem.

Neste post inicial, vou dar dicas para você já ir se preparando, caso esteja planejando fazer uma viagem ao país vizinho. No meu caso fiz um planejamento prévio alguns meses antes, como: escolher tipo de viagem e duração, listar lugares que gostaria de conhecer, o quanto pretendia gastar e dicas que poderiam ser úteis, que obtive através de amigos e sites.

Optamos por ir de carro, assim nossa viagem seria mais flexível e pelos lugares que gostaríamos de conhecer decidimos ficar 8 dias viajando, mas este detalhamento é assunto dos próximos posts, aguardem…

.

Bom, vamos às dicas que são importantes antes de fazer as malas:

  • Sempre pesquise a cotação do dólar, pois muitas coisas, principalmente em Punta del Este, são cobradas baseadas nele. Isso pode fazer uma diferença grande no seu orçamento, muitas vezes te motivando até a mudar a data da viagem para ver se ele baixa um pouquinho. Quando fui a cotação era aproximadamente 1 dólar = R$ 2,65;
  • Se for de carro, faça uma boa revisão antes, como troca de óleo e filtro de óleo, geometria e balanceamento, verificação das condições dos pneus, do nível do fluído de radiador e freio, faróis. Sempre é bom evitar ser pego de surpresa e estragar sua viagem;
  • Planeje detalhadamente seu o trajeto. Eu usei o Google Maps, mas levei tudo impresso para garantir, pois muitas vezes a internet não funciona (ou é muito cara) e você pode acabar se perdendo;
  • Leve água, café e lanches para a viagem, assim você economiza e evita muitas paradas;
  • Se informe sobre horários de check-in e check-out dos hotéis que reservar e dias e horários de funcionamento de parques e museus que deseja visitar, isto pode influenciar seu roteiro;
  • Leve os dados das reservas (endereço, telefone, histórico de conversas por email) e números de telefones úteis (seu banco no exterior, seguradora do carro, telefones úteis do Uruguai, como ligar a cobrar para o Brasil, como ligar do Uruguai para o Brasil, etc.);
  • Leve também remédios para pequenas emergências, como resfriado, dor de cabeça, dor de estômago, entre outros.
  • Não esqueça de levar mais roupas do que usaria no Brasil, pois lá é bem ventoso, o que reduz a sensação térmica em alguns graus.
  • No Uruguai é obrigatório andar com o farol aceso e com cinto de segurança. Não esqueça!
  • Encha o tanque de combustíveis no lado brasileiro, porque a gasolina no Uruguai normalmente é mais cara do que no Brasil.
  • O nosso real é aceito em muitos lugares, mas vá preparado para ir em casas de câmbio também, principalmente se for visitar lugares mais “afastados”;
  • Desbloqueie seu cartão de débito para utilizar em caixa eletrônico no exterior. Cada saque que você fizer será cobrada uma taxa, mas é bom ter esta opção para possíveis emergências;
  • Evite usar cartão de crédito, pois você irá pagar com a cotação do dia do fechamento de sua fatura (e não com o dia da compra) e pode acabar levando um susto;
  • Leve todos os documentos necessários:

– Para o veículo deve ser apresentado o documento no nome do motorista (se for financiado ou emprestado, precisa de uma autorização do dono com firma reconhecida e validade pelo Ministério das Relações Exteriores brasileiro e pelo consulado uruguaio) e também a carta verde (normalmente é feita pela seguradora ou despachante, onde o valor pago depende de quanto tempo permanecerá no país vizinho);

– Para os ocupantes deve ser apresentado carteira de identidade ou passaporte em bom estado. Não aceitam carteira de motorista, carteira de trabalho ou carteira de conselho tipo CRM, OAB, CREA.

.

Como estas dicas peguei na época da viagem de diferentes sites e amigos, não tenho como referenciar de onde são as informações, mas vou citar alguns links que foram úteis quando fiz meu planejamento:

http://www.viveruruguay.com/

http://www.mochileiros.com/viagem-de-carro-pelo-uruguay-partindo-de-sao-leopoldo-rs-t32325.html

http://www.viajenaviagem.com/2011/12/moeda-levo-uruguai/

Espero que as dicas sejam úteis. E em breve estou de volta falando sobre o roteiro 🙂

.

Por Aline

Anúncios

Um comentário em “Viagem para o Uruguai – parte 1: dicas importantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s