De mala e cuia

Viagem para o Uruguai – parte 3: continuando o roteiro

Olá! Voltamos ao tema Uruguai, desta vez com a segunda parte do roteiro realizado. Para você não se perder, indico ler o post com a primeira parte do roteiro, onde passamos por Chuí, Parque Santa Teresa, Cabo Polonio, La Pedrera, La Paloma e José Ignácio.

Depois seguimos rumo à Punta del Este (a 35 km de Jose Ignacio pela Ruta 10), onde ficamos hospedados no hotel Punta del Este Apart-Hotel reservado pelo Booking. O quarto que reservamos não estava liberado, então nos encaminharam para outro, que era bem bom e tinha até sacada (o que não teria em nosso quarto original). Este apart-hotel fica super bem localizado, tem banheiro, cozinha equipada, um quarto com cama de casal e uma bi-cama na cozinha que serve como sofá também. Mas por ser apart-hotel não tem café da manhã.

Adorei Punta, é uma cidade limpa, com ruas e avenidas largas, praias bonitas e com várias opções de alimentação. Acho que me encantei tanto com a cidade que até esqueci de tirar mais fotos.

Recomendo a visita ao Hotel L’Auberge, que serve um waffle delicioso e você não precisa ser hóspede. Ele está longe de ser barato, mas uma vez na vida podemos nos dar ao luxo de comer um waffle com uma calda deliciosa.

IMG-20141216-WA0004

Também aproveite para comer um churros do Manolo, tomar um sorvete no Freddo, ver o pôr do sol no porto e claro, tirar uma foto nos famosos “Dedos” de Punta.

Visitamos também o museu Casapueblo que fica em Punta Ballena (em torno de 16km de Punta del Este). E sendo bem sincera, não gostei. Achei caro (não lembro o preço, mas acho que foi uns R$ 30,00 por pessoa), pois a casa é pequena e nem tem tantas obras assim. O que vale a pena é a vista, principalmente do pôr do sol, mas você consegue ter praticamente a mesma vista sem gastar nada, apenas indo até a ponta da península.

No sexto dia fomos rumo a Montevideo, passando primeiro em Piriápolis (aproximadamente 30km de Punta del Este). Pelo pouco que andei pela cidade, achei Piriápolis linda, e ainda é possível ter esta vista incrível do Mirante do Cerro San Antonio, onde o acesso pode ser feito a pé (não aconselho, a não ser que tenha um ótimo preparo físico), de carro (foi o nosso caso) ou de teleférico (não sei o valor cobrado).

DSC05117

Já em Montevideo, ficamos no Hotel Califórnia, também com reserva pelo Booking, com cama de casal, banheiro e café da manhã. O café da manhã foi bem simples, mas de um modo geral o hotel é bom. O único problema é que ele fica na Cidade Velha (Ciudad Vieja) que funciona mais em horário comercial, então durante o dia era muito movimentada (o que dificultava qualquer saída de carro), e nos outros horários dava medo de andar pela rua, por ser uma região bem escura e suja. Então se você for para Montevideo, opte por se hospedar em Pocitos ou Buceo, que dizem ser bairros muito bons. Acredito que visitar a cidade no final de semana seja mais produtivo, pois é possível visitar mais lugares em menos tempo, aproveitar para passear em parques (Montevideo tem bastante, que dizem ser muito bonitos, mas nem visitamos), com o problema de não conseguir visitar alguns museus no final de semana.

Montevideo foi um lugar que acabei tirando poucas fotos também, mas se você quer ótimas dicas, aconselho visitar os blogs Viver Uruguay e Blog da Lu, que são de brasileiras que moram (ou moraram) em Montevideo, e segui-las nas redes sociais.

DSC05139.JPG

Já no oitavo dia saímos bem cedo de Montevideo e fomos em direção a Rio Branco / Jaguarão (pela Ruta 8 por aproximadamente 420km) para algumas compras. Compramos basicamente bebidas (Red Label, Amarula, etc) e alfajores. Como a fronteira era nosso caminho, valeu a pena a visita, mas ir até lá só para compras, eu não indico, a não ser que o dólar esteja lá embaixo, o que não é o caso dos últimos anos.

Depois das compras continuamos a nossa viagem já em solo brasileiro, por mais 410 km até Sapucaia do Sul.

De uma forma beeem resumida foi esta a viagem. E eu posso dizer que amei conhecer nosso país vizinho, e voltaria com certeza, principalmente agora que já sei onde investir mais tempo, o que não vale a pena visitar, etc.

Se você tiver alguma dúvida, basta deixar aqui nos comentários que respondo o quanto antes. E se quiser compartilhar alguma experiência, fique a vontade também.

.

Por Aline

Anúncios

2 comentários em “Viagem para o Uruguai – parte 3: continuando o roteiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s